Lançamento – Margarida Vale de Gato

Margarida

A nossa solidão é esta avenida decotada
do passeio do acaso, furtiva e escancarada
artéria tantas vezes paralela ao coração
onde um almirante não serve a arquitetura
onde sobe a miséria do terminal do elétrico
até à igreja fronteira à sopa dos pobres
efémeros sentinelas armando cartões
nas fachadas das lojas, trastes, artigos
de ocasião (apanham-nos de dia noivos
investindo num projecto de família).

O nosso é este meio de solidão que se carrega
de qualquer coisa que não é bem perpétua
atmosfera de névoa nem sujidade, que também
é terna, pena suspensa (corvos de Lisboa, naus
gastas), saudade, porque não, sentimento
de povo sem pátria desmentido; crer creio
nisto que na indigência e vício coexiste a gente
dá-se e da carência faz-se uma disciplina às claras
e por muito pouco desprende-se quase nada
que se tem

 

douda correria#47
Lançamento – Margarida Vale de Gato
(capa de Luís Henriques / grafismo de Joana Pires)

lanc%cc%a7amento

Imprensa

TSF – Livro do Dia:

http://www.tsf.pt/programa/o-livro-do-dia/emissao/lancamento-de-margarida-vale-de-gato-5624546.html?autoplay=true 

Jornal Sol | 22.11.2016 por Diogo Vaz Pinto:

Sol-Diogo Vaz Pinto-22/11/2016
Jornal Expresso | 12/11/2016 por Pedro Mexia:

margexpresso

 

Observador | 20.09.2016 por Joana Emídio Marques:

http://observador.pt/2016/09/20/a-rentree-pouco-canonica-das-pequenas-editoras/ 

 

Blog universosdesfeitos-insonia, por Henrique Fialho

Antologia do esquecimento- Henrique Fialho  

 

Margarida Vale de Gato é professora e investigadora na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, nas áreas de Estudos Norte-Americanos e Tradução Literária. Dentro dessas áreas tem publicado ensaios e livros, principalmente sobre Edgar Allan Poe — tradução e edição da sua Obra Poética Completa (Tinta da China, 2009) ou a co-edição de Translated Poe (Rowman & Littlefield, 2014) — bem como sobre pedagogia colaborativa em tradução literária, fruto do projeto PEnPAL in Translation que implementou de 2011 a 2016. Tradutora literária de francês e inglês desde 1995, publicou versões em português de, entre outros, Henri Michaux, Nathalie Sarraute, Yeats, Mark Twain, Marianne Moore, Vladimir Nabokov, Jack Kerouac, Iris Murdoch, Alice Munro. Com Rui Costa, escreveu a peça Desligar e Voltar a Ligar (Culturgest, 2011). Publicou poemas e contos em revistas e antologias de repercussões homeopáticas e os livros de poesia Lançamento (Douda Correria, 2016) e Mulher ao Mar (Mariposa Azual, 2010), que já teve uma edição aumentada (2013) e terá futuras.

M. Vale de Gato F_vitorino coragem.jpg

Fotografia: Vitorino Coragem

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s